Pesquisar este blog

5.10.15

O Estrangeiro - Albert Camus


"(...) Perguntou-me depois se eu não gostava de uma mudança de vida. Respondi que nunca se muda de vida, que, em todos os casos, todas as vidas se equivaliam e que a minha aqui não me desagradava". (p.58)

Nenhum comentário:

Postar um comentário