Pesquisar este blog

2.6.12

Song pop, festa junina e chega de problemas


Estou tentando atualizar o blog há alguns dias. Abro e fico olhando a foto com minha mãe no último post e não vem tema nenhum. Ou até vem alguma ideia que não me convence e não consigo desenvolver. 
Em momentos que a mente funciona demais e não consigo desligar dos problemas, tenho uma tática: jogos. Jogo qualquer coisa, até paciência no computador. Sim eu gosto de paciência, principalmente a Spider, faço no nível mais difícil e consigo terminar. 
Esta semana foi um destes momentos e minha amiga Kelly me desafiou no Song Pop. Resultado? Vício. Que "qual é a música?" moderno! É uma delícia ficar tentando adivinhar as músicas! Igual quando eu e minhas irmãs brincávamos de "Qual é a música?" no carro, para fazer a viajem até a casa da vó passar mais rápido. Pensava numa música, escolhia uma palavra e as outras tinham que adivinhar. Ríamos e cantávamos desafinadas os trechinhos que tinham a palavra-chave. Divertidíssimo!
Então, nesse momento "jogando para não pensar" e mesmo assim querendo atualizar o blog, pedi desesperadamente para que alguém no Facebook ou no Twitter me desse um tema. Assim na linha: pede que eu escrevo. Como tenho milhares (cof cof) de seguidores e amigos, recebi uma única sugestão: festa junina. E abracei a ideia na hora. 
Amo festas juninas. As comidas, a quadrilha tradicional, as barracas de brincadeiras, tudo! Pena que é tão difícil achar uma boa festa junina por aí. Se me dizem que a Quermesse da igreja tal é boa, vou. Ou a Festa da escola X, vou também. É quase uma saga por uma boa festa junina e raramente acho. 
A última foi a quermesse de uma igrejinha na região da Barra Funda, em SP. Pequena, tinha tudo de mais típico na festa (que todo mundo sabe o que é e eu não vou ficar falando) e estava absurdamente lotada. 
Aqui no vilarejo dizem que boas são as festas que o pessoal faz em chácaras. Nunca fui nessas, parece que este ano vai rolar uma deste tipo do pessoal do trampo. Vai ser boa, mas vai ser do trampo. 
Fui um ano na de uma escola daqui. Parte boa? As comidas estavam ótimas e super baratas. Parte ruim? Mania de pedagoga de achar que tem que atualizar a coisa ou os alunos não vão gostar. Então era uma festa com o pior do pop e a melhor comida de festa junina. Sem barracas e com bingo para os pais. Dar espaço ao novo, não é destruir o velho. O espaço aos dois, cada um no seu momento, e o estudo dos dois é necessário para o desenvolvimento cultural. Mas, infelizmente, nossas pedagogas ainda estão perdidas nisso. 
Críticas e irritações com minha antiga profissão a parte, que bom que junho chegou: está aberta novamente a temporada de procura a festa junina perfeita! E esta é uma boa brincadeira pra não pensar nos problemas ;)

6 comentários:

  1. Muito bom, Mica! Me fez viajar no tempo.
    As festas juninas da Igreja do Calvario costumavam ser boas, nao sei como estao agora ou se ainda tem.
    Boa sorte na procura!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Há algo similar no Japão? Festas que comemoram a colheita? (essa é a origem das festas juninas na europa rs) E há grupos de brasileiros que façam festas juninas aí? Curiosidade rs

      Excluir
  2. eu gosto de festa junina. Gosto das coisas que tem pra comer.

    IRC!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e o arraiá dos landgraf, quando rola?

      Excluir
  3. Gente, adoro festa junina de paixão! ahahha não sabia que vc gostava tb! que coisa...
    Gosto tanto, que pode ser até de criança, quero ir tb. Mas o que curto mais é participar... adoro festas que tenho q me fantasiar heuhahua, vale de tudo!

    E o Song Pop vc viu que eu fiquei putinha porque zeraram tudo, né? Daí, como estou em época de não poder alimentar os vícios, fui e bloqueei tudo. =P
    Mas foi mto bom enquanto durou! hehehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha sou a tia mais presente nas festas juninas das sobrinhas hahahahaha lógico que por elas eu iria até se não gostasse, mas gostando...

      Ah eu desanimei também, nem estou jogando direito...

      Excluir